Notícia: 02/09/2016


Os furtos, roubos e ataques de piratas a embarcações na Região Norte do Brasil preocupam o setor de transporte fluvial de cargas e passageiros. Os principais alvos dos criminosos são as embarcações, que navegam nos rios que banham os estados do Amazonas, Pará e Rondônia. Casos de latrocínios – roubos seguidos de mortes – são registrados em regiões como o Estreito de Breves. Registros da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) apontam mais de cem casos envolvendo furtos e roubos entre 2014 e início de 2015.

 

As empresas de navegação e representantes dos trabalhadores do segmento alertam sobre a necessidade de medidas governamentais para coibir as ações criminosas. Segundo a SSP-AM, uma operação conjunta com polícias amazonenses, Forças Armadas e Polícia Federal será realizada para combater as quadrilhas a partir de maio.


Galeria de Fotos
 





    Falta de chuvas diminui nível médio do Rio Madeira em Porto Velho, RO

    Piratas causam pânico e mortes em rios e embarcações no AM, RO e PA

    Vazante pode paralisar transporte de cargas no Rio Madeira

 

» Todas as Notícias

 

    ANTAQ

    Autoridade Portuária de Manaus

    Diretoria de Portos e Costas

    Marinha do Brasil

    Polícia Federal

    Prefeitura de Manaus

    Receita Federal

    CERTIFICADO ISO 9001 2015

    NBR ISO 14001:2015

    POLITICA DA QUALIDADE TRANSALE